AMD Ryzen 6000 será o primeiro processador com Microsoft Pluton

O evento CES 2022 da AMD estreia em poucas horas e a própria CEO da empresa, Lisa Su, lembrou a todos sobre isso no Twitter com uma foto dela segurando o próximo AMD Ryzen 6000 Rembrandt. Os novos processadores são produzidos em uma litografia de 6nm e apresentam núcleo de CPU Zen+ e arquitetura RDNA2.

Na página do CES Innovation Awards, declarou oficialmente quais serão alguns dos principais recursos do próximo APU móvel. A página diz:

Publicidade

Os novos processadores AMD Ryzen™ série 6000 são os primeiros com desempenho gráfico integrado rápido o suficiente para títulos de jogos exigentes, graças às novas tecnologias RDNA2 e DDR5, com empolgante processamento de áudio AI e recursos de processador Microsoft Pluton.

Isso confirma que o AMD Ryzen 6000 irá de fato apresentar gráficos integrados baseados no RDNA 2 e há rumores de que uma das variantes móveis de ponta do RDNA 2 integrado é chamada de Radeon 680M.

Microsoft Pluton

Outro aspecto interessante de Rembrandt é que as próximas APUs móveis da AMD serão os primeiros microprocessadores a apresentar um processador de segurança Microsoft Pluton que foi lançado em 2020. Naquela época, a AMD havia declarado que “Produtos Ryzen do Futuro ” estariam usando Pluton e parece como o recurso vai finalmente estrear com Rembrandt.

Publicidade

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.