Facebook, Google, Microsoft, Twitter e outros se unem para combater as “fake news” do COVID-19

Em 11 de março, a Organização Mundial da Saúde declarou COVID-19 como uma pandemia. Agora, o total de casos confirmados de COVID-19 atingiu mais de 180.000, com mais de 7.000 mortes. Considerando essa situação, o pânico decorrente dela às vezes leva a relatos e interpretações errôneas de fatos.

Com isso em mente, Facebook, Google, Microsoft, LinkedIn, Twitter, YouTube e Reddit anunciaram que estão se unindo para fornecer informações precisas sobre a doença do coronavírus COVID-19.

Como ficou claro na declaração oficial acima, as gigantes da tecnologia se concentrarão no combate à desinformação e na extração de notícias autênticas. Destes nomes, algumas empresas já começaram a tomar as medidas apropriadas para ajudar a situação. Para citar alguns, o YouTube começou a monetizar conteúdo útil relacionado ao coronavírus e a Organização Mundial da Saúde recebeu anúncios gratuitos no Facebook.

Via: Neowin

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.