fbpx

Microsoft anuncia recurso “Mover Pasta Conhecida” para OneDrive

A Microsoft anunciou hoje o lançamento de um novo recurso para o OneDrive no Windows 10. O novo recurso “Mover Pasta Conhecida” permite que os usuários movam automaticamente seus arquivos armazenados em pastas conhecidas para o OneDrive.

Os arquivos armazenados na área de trabalho, documentos e imagens podem ser enviados para a nuvem sem afetar a produtividade. Os arquivos são carregados em segundo plano para o OneDrive e os usuários podem mover todos os arquivos para o OneDrive e vice-versa em outros dispositivos.

Mover Pasta Conhecida

Explorador de Arquivos com o recurso Mover Pasta Conhecida.

No entanto, para que os usuários possam usar esse recurso, você precisaria fazer login com a mesma conta da Microsoft em todos os dispositivos. Espera-se que este recurso seja disponibilizado para Insiders a partir desta semana e será disponibilizado para todos os usuários até o final do próximo mês.

A Microsoft também está introduzindo novas opções para os administradores de TI com o novo recurso que permite que os administradores de TI configurem políticas de grupo para usuários na rede que gostariam de configurar a Movimentação de Pastas Conhecidas e carregar os arquivos no OneDrive.

Política de grupo

Política de grupo para TI

Os administradores de TI também poderão redirecionar pastas conhecidas do Windows para o OneDrive sem que os usuários sejam notificados sobre o upload. Eles também receberam o direito de impedir que os usuários redirecionem as pastas conhecidas do Windows.

“Esta configuração permite redirecionar as pastas Documentos, Imagens e Área de Trabalho dos usuários para o OneDrive sem interação do usuário. Essa diretiva funciona quando todas as pastas conhecidas estão vazias e em pastas redirecionadas para uma conta diferente do OneDrive. Recomendamos o uso dessa política junto com “Solicitar que usuários movam pastas conhecidas do Windows para o OneDrive”, explica a Microsoft.

O novo recurso Mover Pasta Conhecida está disponível e funciona com todas as versões do Windows atualmente suportadas pela Microsoft, o que significa que os usuários do Windows 7, 8.1 também poderão aproveitar o novo recurso.

Fonte: MicrosoftWindows Latest