fbpx

Microsoft confirma a morte do Windows 10 Mobile no final de 2019

Sabemos há algum tempo que os Windows Phone estava morto, mas só agora a Microsoft deixou claro em uma página de perguntas frequentes recomendando que os usuários mudem para o Android ou iPhone assim que possível.

A Microsoft diz que as atualizações mais recentes para o Windows 10 Mobile serão lançadas até dezembro deste ano e, embora dispositivos e aplicativos continuem a funcionar após essa data, a empresa enfatiza que sem atualizações cumulativas, vulnerabilidades no sistema operacional permanecerão sem correção.

Além disso, a partir de março de 2020, a Microsoft não permitirá mais a criação de backups de dispositivos.

Após o término do suporte, a criação automática ou manual de novos backups de dispositivos para configurações e alguns aplicativos continuará por 3 meses, terminando em 10 de março de 2020. Alguns serviços, incluindo uploads de fotos e restauração de um dispositivo a partir de um backup de dispositivo existente, podem continuar funcionando por até mais 12 meses após o término do suporte.

A migração para Android e iOS

Mais importante é o conselho da Microsoft para os clientes que ainda usam o Windows Phone. A empresa explica que esses usuários devem migrar para o Android ou iPhone o mais rápido possível, enfatizando que todos os seus aplicativos também estão disponíveis nessas plataformas.

Com o fim do suporte do sistema operacional Windows 10, recomendamos que os clientes migrem para um dispositivo Android ou iOS compatível. A declaração de missão da Microsoft para capacitar cada pessoa e cada organização no planeta para conseguir mais, nos obriga a apoiar nossos aplicativos móveis nessas plataformas e dispositivos.

A Microsoft também explica que os clientes que compraram recentemente dispositivos Windows 10 Mobile devem entrar em contato com o revendedor para obter informações sobre devoluções e reembolsos. A própria Microsoft não vende mais aparelhos Windows, mas alguns modelos, como o HP Elite X3, continuam disponíveis em vários varejistas.

Outra coisa que vale a pena ter em mente é que a Microsoft não garante que a Microsoft Store continuaria sendo executada após o final do suporte de dezembro de 2019. Além disso, a gigante do software explica que os desenvolvedores podem usar seus aplicativos a qualquer momento antes e depois do prazo final de dezembro.

Fonte: Microsoft

Nenhuma resposta

Leave a Reply

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

x