fbpx

Após semanas, Microsoft relança a Atualização de Outubro do Windows 10

A atualização de outubro de 2018 do Windows 10 teve um início difícil até agora. Depois de ser lançado há mais de um mês, os usuários começaram a atualizar e descobriram que seus arquivos estavam sendo excluídos. Apenas quatro dias depois, a empresa retirou a atualização do Windows Update.

Agora, estamos aqui cinco semanas após o lançamento inicial, e a Microsoft está relançando o Windows 10 versão 1809. Essa notícia vem depois que os usuários informaram há algumas semanas que extrair um arquivo ZIP não fornecia mais uma caixa de diálogo perguntando se você deseja sobrescrever um arquivo. Como a questão dos arquivos sendo realmente excluídos, isso foi relatado no Feedback Hub meses antes do lançamento inicial.

A empresa fez a seguinte alteração na página de histórico de atualizações do Windows 10 para a versão 1809:

Em 13 de novembro de 2018, iniciaremos o relançamento da Atualização de Outubro do Windows 10 (versão 1809), do Windows Server 2019 e do Windows Server, versão 1809. Incentivamos você a aguardar até que a atualização de recurso seja oferecida ao seu dispositivo automaticamente.

Quando a Microsoft lançou a Atualização de abril de 2018 do Windows 10 no início deste ano, ele mudou a forma como as novas atualizações de recursos são entregues. Normalmente, não apareceria no Windows Update até que fosse determinado que o hardware e os drivers fossem compatíveis. Se você queria antes disso, você poderia forçar a atualização usando o aplicativo Assistente de Atualização.

Mudanças no Windows Update

Mas quando a versão 1803 foi lançada, a Microsoft alterou para que qualquer um que acessasse “Verificar se há atualizações” no Windows Update, identificasse essas pessoas como “buscadores” e suponha que qualquer um que esteja procurando por atualizações deseje uma atualização de recursos, em vez de uma atualização cumulativa ou novos drivers. Windows 10 versão 1803 tinha sua própria gama de problemas, mas isso não impediu a Microsoft de se tornar ainda mais agressiva.

Com o Windows 10 versão 1809, ele pulou o modo Release Preview do
Programa Windows Insider. O Release Preview foi projetado especificamente para testar atualizações antes de serem liberadas para o público. Ao contrário dos modos Rápido e Lento, não há compilações; se estiver no Release Preview, essa compilação deverá ser lançada para produção, a menos que algo dê errado. As pessoas que se inscrevem para este anel são os candidatos reais que querem a atualização mais cedo.

A Microsoft disse há algumas semanas que está adicionando um novo recurso ao Feedback Hub que permitirá aos Insiders rotular a gravidade dos bugs que eles reportam. Infelizmente, a empresa não indicou que, no futuro, estará utilizando os modos do Programa Windows Insider que configurou para si ou que será menos agressivo na implantação de futuras atualizações.

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.