Monitores de 480Hz podem em breve se tornar realidade

Em 2017, o Blur Busters realizou testes em uma amostra de engenharia do primeiro painel 4K 120Hz que também poderia reproduzir 480Hz em um modo de baixa resolução de 540p. A unidade era da ZisWorks e estas estavam disponíveis na época na forma de um painel TN de 28″ (modelo x28) ou um VA de 39″ (modelo x39).

E embora estes fossem geralmente para DIYers e Testers, monitores de 480Hz podem em breve se tornar uma realidade para os consumidores também, de acordo com um relatório da TFTCentral. De acordo com o relatório, a LG Display, bem como a AU Optronics (AUO) estão supostamente trabalhando em tais monitores com taxa de atualização ultrarrápida. Eles aparentemente estarão prontos para a produção no final de 2022 e, portanto, poderíamos vê-los lançá-los para o público geral em 2023.

Publicidade
Monitor com taxa de atualização de 480Hz
Monitor com taxa de atualização de 480Hz.

Em termos de recursos, ainda não se tem muitos detalhes, mas o relatório alega que o painel LG contará com uma tela de 24,5 polegadas de 1080p com suporte para DisplayHDR 400 e reprodução de cores decente. Do lado da AUO, os detalhes são ainda mais escassos para seu painel de 480Hz além de uma dica de que o display poderia ser uma tela de 1080p.

Em seu teste dos painéis ZisWorks no modo de 480Hz, o Blur Busters observou as seguintes melhorias:

  • Efeito de matriz fantasma reduzido (comumente chamado de ghosting)
  • Lag de entrada reduzido
  • Persistência melhorada da visão (efeito trilha do Sparkler)
  • Desfoque de movimento reduzido

A TFTCentral também disse em seu relatório que a LG está supostamente desenvolvendo uma nova tecnologia chamada “IPS Black” que será capaz de produzir pretos mais ricos em LCDs IPS e reduzir a quantidade de brilho IPS exibido. Aparentemente, dois monitores 4K; um de 27 polegadas e o outro de 31,5 polegadas, estão previstos para serem lançados em janeiro do próximo ano.

Publicidade

Fonte: TFTCentral, via Neowin

Deixe seu comentário

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.