Usuários do Windows 7 se recusam a atualizar para o Windows 10

Os usuários do Windows 7 parecem não querer desistir de seu sistema operacional, apesar do prazo de fim do suporte, pelo menos no último relatório de uma empresa de análise.

As estatísticas do NetMarketShare para o mercado de desktops em abril mostraram que o Windows 10 ganhou um pouco, subindo de 43,62% para 44,1%, essencialmente um aumento de meio ponto percentual, um aumento bastante sólido, ainda que um pouco modesto.

No entanto, o Windows 7 não cedeu o terreno para o mais novo sistema operacional da Microsoft, o sistema operacional praticamente não caiu, passando de 36,52% em março para 36,43% em abril; uma mudança de apenas 0,09%.

Usuários do Windows 7 se recusam a atualizar para o Windows 10 1

Lembrando que, enquanto o Windows 7 estava perdendo usuários no ano passado, no início de 2019, o antigo sistema operacional subiu para 37,19%, de acordo com o NetMarketShare. Em outras palavras, em dezembro de 2018, a adoção do Windows 7 ficou em 36,9%, e quase não se alterou desde então.

Enquanto isso, o Windows 8.1 também conseguiu aumentar sua participação de mercado, o que é mais ou menos surpreendente, uma vez que todos os olhos estão voltados para o Windows 7 e o Windows 10 atualmente. O Windows 8.1 saltou de 4,13% para 4,22% no mês passado, então registrou apenas um pequeno aumento.

A adoção do Windows 10 deverá continuar nos próximos meses, especialmente quando a Microsoft apresentar uma nova atualização de recursos ainda este mês. O maior desafio, no entanto, é convencer os usuários de que é hora de deixar o Windows 7 antes do fim do suporte em janeiro de 2020.

Fonte: NetMarketShare | via Softpedia

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.